Em Junho aproveitei o feriado para viajar e preparei um roteiro de 4 dias em Madrid para vocês.

Madrid é a capital da Espanha e é a maior cidade do país e a segunda maior da União Europeia. Conhecemos os principais pontos turísticos, andamos de ônibus sem rumo nenhum, só pra ver mais da cidade.

Fui até a cidade de Toledo, assisti o pôr do sol mais lindo, experimentei churros com chocolate, tive todas as experiências possíveis.

Espero que gostem desse roteiro e depois me contem o que já conhecem e o que acharam.

Dia 01

Saí de Lisboa no vôo das 07:50h da manhã e cheguei no aerporto de Madrid as 9:20h. Do aeroporto para o centro da cidade, Caseles ou Atocha, leva em média uns 40 minutos de ônibus.

Decidi ir de ônibus para poder ir vendo a cidade. Peguei o ônibus 203 e o valor da passagem é de 5€.

Fui direto para a estação de Atocha, onde deixei as malas em um Locker, já que nosso check-in no airbnb seria as 16h da tarde. Paguei o valor de 3,60€ por um armário médio, que coube as duas malas de mão e uma mochila, e ainda sobrou espaço.

A estação de Atocha é linda, tem um jardim dentro da estação na área de descanso. Vale a pena parar para admirar.

Estação de Atocha

Saí de Atocha e aí sim, chegou a hora de começar o dia. O primeiro dia tiramos para ver o principal da cidade, as ruas populares. Como fiquei 4 dias na cidade, fiz um roteiro bem tranquilo.

Gran Via

Peguei o metro sentido a Gran Via, a principal avenida de Madrid. É a avenida onde está localizado o prédio Metrópolis e o da Rolex, onde tem uma das maiores Primark do mundo, onde tem vários teatros e lojas de marca.

Todos os dias passava por lá, antes dos passeios ou no fim do dia, de tão linda que a avenida é, tanto de dia, quanto a noite.

Fui em várias lojas, observei as pessoas admirando a rua, gosto de ver a reação dos turistas pela primeira vez num local. E amei a Primark, tem muito mais produtos em Madrid, do que na loja de Lisboa.

Plaza Mayor

A Plaza Mayor possui três pontos turísticos importantes: a estátua de Felipe III no centro da plaza, a Casa da Padaria e o Arco de Cuteleiros, é o arco que está na entrada principal da Plaza, já que a Plaza Mayor possui 9 entradas.

Aproveitei para almoçar em um restaurante na Plaza e experimentei o famoso prato típico espanhol, a Paella. E devo confessar que adorei.

Comi em um restaurante bom por ali e confesso que não me lembro o nome, e até pensei que por ser na Plaza Mayor seria super caro, mas não foi. O prato Paella de Mariscos tinha o preço de 12€.

Puerta del Sol

A Puerta Del Sol é uma praça no centro de Madrid, onde estão três pontos turísticos: a Estátua do Urso e do Medronheiro, essa estátua é o símbolo de Madrid, o Relógio da Casa de Correios, é onde acontece a celebração de ano novo em Madrid. E o Quilômetro Zero, onde começam as estradas radiais espanholas.

La Latina

A noite fomos conhecer o bairro La Latina, o nome do bairro é em homenagem a escritora Beatriz Galindo, popularmente conhecida como La Latina, uma das personagens mais relevantes do século XV.

É um bairro cheio de teatros e restaurantes, muitas luzes e cheio de turistas.

Dia 02

No segundo dia andei muito, mas conheci tantos lugares lindos, que fica até difícil escolher o preferido.

Plaza de Cibeles

Fica entre as avenidas Paseo del Prado e a Calle Alcalá, a Plaza de Cibeles é linda. O destaque é a Fonte de Cibeles, o Palácio de Cibeles e o Banco Espanhol. Esses dois últimos são prédios com uma arquitura íncrivel.

Puerta de Alcalá

A Puerta de Alcalá tem esse nome por estar situada no caminho que existia para ir a Alcalá de Henares. E fica perto do Parque do Retiro. Foi um dos lugares que mais amei conhecer!

Aproveite para tomar o café da manhã por ali, fui no Café Vait, o lugar é lindo, bem decorado e os doces eram muito gostosos, e claro, com uma esplanada. Que eu adoro!

Estádio Santiago Bernabéu

Fomos conhecer o Santiago Bernabéu, mas chegando lá, meu marido não quis entrar para ver por dentro. Segundo ele, o melhor é ver em dia de jogo e vamos voltar em Madrid para assistir algum clássico.

De lá fomos almoçar no Dogma Restaurante, você pode ver detalhes no post, onde comer em Madrid, clicando aqui.

Palácio Real

O Palácio Real de Madrid é a residência oficial da Família Real Espanhola. Hoje em dia, o palácio é usado para recepções, cerimônias e atos oficiais, já que os reis da Espanha moram no Palácio da Zarzuela.

No Palácio Real tem a troca da guarda, que acontece todas as quartas-feiras às 11 da manhã. Esse horário é entre o mês de Outubro a Julho.

Para entrar no pálacio o valor é de 11€.

No fim do dia, já cansada de tanto andar, voltei para a Gran Via, que é bem perto ali do Palácio Real e fui ver a avenida a noite.

Vou deixar os dois últimos dias para a Parte 2 desse roteiro, para o texto não ficar cansativo demais.

Espero que tenham gostado dessa primeira parte do roteiro que fiz por Madri, foi muito bom relembrar esse viagem tão boa e a sensação que tive ao conhecer esses lugares!

Até a próxima! 😉

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Para usar avatar, cadastre-se com seu email em gravatar.com

Assine nossa newsletter!

Nunca mais perca um post e fique por dentro de todas as novidades do blog.

Atualmente em:

Lisboa - Portugal
siga @tasaver.pt