Desde que algumas faculdades em Portugal passaram a aceitar a nota do Enem como forma de ingresso, o intercâmbio dos brasileiros tem crescido exponencialmente. Com ótimas faculdades em diversas áreas, Portugal pode ser o seu próximo destino, e com base na minha experiência pessoal vivendo e estudando em uma faculdade pública em Lisboa , pretendo esclarecer algumas dúvidas que podem lhe surgir durante suas pesquisas.

Universidades Públicas x Universidades Particulares

Muito similar ao Brasil, em Portugal a maioria das universidades que são mais bem ranqueadas, são as públicas. No entanto, aqui ambas as universidades são pagas, tanto para os alunos internacionais quanto para os próprios portugueses, embora a maioria das públicas ainda sejam mais baratas.

Portanto, haverão gastos financeiros mesmo se você pretende estudar em uma universidade pública. O valor comum entre as universidades é de cerca de 3 à 8 mil euros anuais para os alunos internacionais, cujo o valor costuma ser o dobro do valor dos alunos portugueses.

Como se inscrever?

Assim que você decidir o curso e a faculdade que pretende concorrer, é preciso estar atento ao período de inscrição e ao número de vagas para estudantes internacionais.

Normalmente, as inscrições começam entre Abril e Maio e podem ter diversas fases, favorecendo assim, as chances de ingresso. Para se inscrever, você vai precisar pagar uma taxa de inscrição, cujo valor varia de acordo com a universidade, o seu histórico escolar ou sua nota do Enem, e uma carta de motivação.

Após receber os resultados, a universidade costuma lhe ajudar com os processos mais burocráticos, como a documentação necessária para a emissão da sua autorização de residência, e até mesmo com as opções de alojamentos.

Diferente do Brasil, o ano letivo inicia-se em Setembro, e a maioria dos cursos têm a duração de 3 years, mas há ainda as opções de concluir a licenciatura em conjunto com o mestrado, sendo assim, 5 anos de curso.

Alojamento

A maioria das universidades possuem residências estudantis, e os alunos internacionais têm prioridade nas vagas, que costumam ser super limitadas.

Nas residências estudantis, costuma-se dividir o quarto, o banheiro e a cozinha, e os valores são relativamente mais baixos em comparação a alugar um quarto por conta própria.

A experiência de dividir a residência estudantil pode ser muito divertida, mas se você procura por algo mais particular, é aconselhável se programar com muita antecedência para que você consiga encontrar bons quartos/apartamentos por bons preços.

Um dos sites mais utilizados pelos estudantes que procuram alojamentos, é o https://uniplaces.com, que facilita a procura de locais mais próximos da sua universidade.

Autorização de Residência

Assim que você receber sua aprovação para a universidade, você vai precisar correr atrás da documentação para a sua autorização de residência.

Todos os detalhes sobre os documentos necessários podem ser encontrados no site do SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras), https://imigrante.sef.pt/solicitar/estudar/.

A autorização deve ser renovada anualmente, e já os deixo avisados que os processos no SEF podem ser demorados, portanto é necessário muita paciência.

Com o cartão de residência devidamente emitido, é permitido que você exerça atividades profissionais, no entanto é necessário notificar o SEF disto, os entregando seu horário de aulas e contrato de trabalho.  

Quer saber mais sobre os tipos de vistos para vir morar em Portugal? Click on here.

Curiosities

  • Na maioria das universidades, sobretudo as públicas, não há sistema de faltas. Portanto, não é nada comum por aqui a reprovação por excesso delas.
  • Durante seu intercâmbio estudando em Portugal, você pode ainda tentar estudar em outro país durante um semestre ou um ano, através do programa Erasmus, que possibilita a mobilidade acadêmica dos alunos.
  • O valor das refeições nas universidades gira em torno dos 2,70€, e inclui-se: bebida, sopa, prato de comida (há sempre opções vegetarianas também) e uma fruta ou sobremesa.
  • Aqui, o trote chama-se praxe, e é levado muito a sério, com tradições antigas e reuniões durante todo o ano. Na praxe, os veteranos vestem-se com trajes mais formais e capas que lembram muito os estudantes de Hogwarts in Harry Potter, o que não é à toa, visto que a autora J.K. Rowling, realmente se inspirou nos estudantes universitários portugueses enquanto ela vivia no Porto.
  • Anualmente, durante o mês de Maio, acontece a queima das fitas na semana acadêmica, onde os estudantes festejam a graduação dos veteranos com muita música, bebidas, concertos, etc. A festança originou-se em Coimbra, mas hoje em dia é comum em todas as universidades portuguesas.  

Bem, espero que as informações aqui partilhadas tenham sido úteis. E saibam que ingressar em uma faculdade aqui em Portugal pode ser uma experiência incrível, podendo te abrir portas para muitas possibilidades, e se tornando um trajeto enriquecedor!

0

leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

To use avatar, sign up with your email in gravatar.com

Sign up for our newsletter!

Never miss a post and stay on top of all the news blog.

currently in:

Lisboa - Portugal
Siga @ tasaver.pt