One of these was with Ryanair promotion passes and I ran to buy my with a destination that had long wanted to meet: e reservei um fim de semana em Londres.

Desde esse dia a empolgação e ansiedade tomaram conta e finalmente o dia da viagem chegou!

Saímos de Lisboa numa sexta feira a noite e estava preocupada com a imigração no aeroporto, porque as pessoas falam sempre que na Inglaterra são muito exigentes e não é fácil de entrar.

Afinal, o agente da imigração foi super tranquilo e não foi nada um bicho de sete cabeças. Mas, é claro, que para isso, estavamos com todos os documentos certinhos: passaporte, a autorização de residencia, comprovante de hospedagem e a passagem de volta.

O agente perguntou o motivo da viagem, quantos dias íriamos ficar e se moravamos ou tinhamos família em Portugal e na Inglaterra.

No sábado pela manhã começamos o nosso roteiro e vou compartilhar com vocês, aproveitamos o máximo que podíamos fazer em um fim de semana em Londres.

Camden Town e Camden Market

A primeira parada foi em Camden, um bairro alternativo cheio de estilo. Já aproveitei para comprar as lembrancinhas para os amigos. No bairro é cheio de restaurantes, barraquinhas de comida, lojas góticas, estúdios de tatuagem e pirciengs.

O que mais me impressionou foi a loja Cyberdog, parecia uma balada, com dj e dançarinos. Na porta da loja tem dois robôs gigantes. Na cyberdog você consegue comprar roupas futuristicas, tipo roupa de astronauto e peças com implantes cibernéticos.

Para chegar em Camden fomos de metro. Descemos na estação Camden Town (Northern Line).

Westminster

De Camden fomos de metro para Westminster, nesse bairro está os principais pontos turísticos e adorei conhecer cada um deles:

Palácio de Westminster:

O edifício é em estilo gótico vitoriano e é onde o parlamento britânico trabalha. São duas câmaras que compõem o Parlamento Britânico.

De um lado do palácio está localizado a Victoria Tower, uma imponente torre que reúne as cópias de todas as leis do Parlamento desde 1497, e do outro lado está a torre do Big Ben.

O edifício está passando por uma reforma então não deu para tirar uma foto dele em toda sua glória.

A entrada no Parlamento só é permitida aos sábados e durante o verão. E o preço é de 18£. Também, é possível, assistir uma sessão parlamentar de segunda a quinta feira, entrando pela rua St Margaret.

Parlamento de Westminster

Abadia de Westminster:

Foi construída em estilo romântico, é a igreja mais famosa de Londres. Onde já aconteceram celebrações das mais famosas, as: o casamento do príncipe Willian e Kate Middleton e o funeral da princesa Diana.

Na Abadia está uma coleção de tumbas e mausoléus de grandes personalidades britânicas.

A entrada custa 20£ e lhe da o direito de ver a Abadia por dentro e receber um audioguia para ir ouvindo as histórias enquanto caminha pelo local.

Abadia de Westminster

Big Ben:

O Big Ben é na verdade um sino de 14 toneladas, que está localizado na Torre do Relógio, que fica no Palácio do Westminster.

O relógio da Torre do Relógio, tem 7 metros de diâmetro em cada um dos seus lados e começou a funcionar em maio de 1859.
Hoje em dia se tornou o símbolo da nação e suas badaladas são transmitidas pela emissora de rádio da BBC.

O Big Ben também está em reforma, que deve acabar em meados de 2021.

London Eye:

É uma roda gigante que foi constrída nos anos 2000 para comemorar a chegada do novo milênio. É um dos principais ícones da cidade.

A London Eye, até 2006, era a maior roda gigante do mundo. However, in 20018, foi superada pela Estrela de Nachang, na China.

Para visitar a London Eye, o ingresso custa 24,95£. A volta na roda gigante, dura em torno de 30 min e nos dias claros, a vista pode ter um alcance de até 40 km.

Não fiz o passeio, mas achei o lugar incrível, a roda é linda e como uma estudante de engenharia fiquei observando toda a estrutura.

Recomendo que inclua no seu roteiro voltar a noite para ver a iluminação tanto da London Eye, quanto do Palácio de Westminster.

Palácio de Buckingham

É a residência oficial da Família Real Britânica, desde 1837. Porém a rainha não mora no Palácio, é o local de trabalho dela. A rainha Elizabeth II prefere ficar no Castelo de Windsor.

É no Palácio de Buckingham que são recebidos os chefes de estado, convidados especiais, eventos beneficentes e grandes nomes da nobreza.

Nomes como Mozart, Charles Dickens, Mahatma Gandhi, Neil Armstrong e Nelson Mandela, já passaram pela residência real.

A troca de guarda em frente ao Palácio é super conhecida e acontece em torno de 3 vezes na semana. Recomendo que chegue cedo se quiser assistir e ficar próximo aos portões.

Quando a Rainha está no Palácio, uma bandeira é hasteada para indicar a presença dela, é uma bandeira com o estandarte Real.

Em frente ao Palácio fica lotado de turistas, tentando conseguir uma foto e ver mais de perto a residência oficial.

Palácio de Buckingham

Convent Garden

Eu fiquei apaixonada com o Convent Garden. É um bairro animado, cheio de artista de rua, lojas das mais famosas. É muita cultura em um lugar só.

Você anda e fica morrendo de vontade de sentar em um dos muitos cafés que tem por lá e ficar somente observando o movimento.

Por lá tem o mercado de Convent Garden, um mercado com lojas de flores, chás, tem uns cafés e uma decoração linda.

To get there, você tem a opção do metro Covent Garden, linha Piccadilly. Eu fui andando do Palácio de Buckingham até lá, é rapidinho e você vai vendo a cidade.

Loja do M&Ms

Um dos lugares que meu marido fez questão de ir, foi a loja dos M&Ms, ele adora o chocolate e queria ver os milhares de tubos coloridos e os produtos que são vendidos na loja.

A loja tem 4 andares, estava muito cheia, mas conseguimos conhecer bem e fazer compras: cada 100g de M&Ms custam 1,99&. Achei bem caro, muito mais barato comprar os pacotes no mercado.

M&M Worlds
Loja do M&M Worlds

Chinatown

Todo filme que a gennte assisti aparece o Chinatown, seja filme que se passa em NY ou Londres.

Sempre tive curiosidade para conhecer esse bairro, não deu para entrar e ver muito, mas o que eu vi adorei.

E estava tendo a comemoração do Ano Novo Chinês, então imagina a lotação do lugar. Se você puder inclua esse bairro no seu roteiro.

Para chegar lá de metro, desça na estação Leicester Square ou Piccadilly Circus.

Como eu estava fazendo meu roteiro todo a pé, fui descendo a Leicester Square, que era a rua próxima ao Convent Garde e a loja do M&Ms. Andando da para aproveitar bastante e ver muitos locais que são próximos.

Leicester Square

É na Leicester Square que acontece as premieres Londrinas, que fica o tapete vermelho e por onde passam os artistas. Além de ter muitos teatros e apresentaçaões de musicais e espetáculos por ali.

Picaddily Circus

É uma praça onde se encontram as ruas Regent Street, Shaftesbury AvenuePiccadilly e Haymarket. E por ter vários outdoors com anúncios é comparada a Times Square de Ny.

A área é rodeada de várias atrações turísticas, incluindo a estátua de Eros, os bares e teatros do West End Londrino e várias lojas.

São famosos os outdoors localizados em um prédio de esquina de Picadilly, neles, os anúncios da TDK, SANYO, MC DONALDS, COCA COLA, SAMSUNG, já batem ponto há décadas.

Desde 1908 que as luzes de Piccadily são uma atracção turística. Os ecrãs publicitários iluminam a praça de dia e de noite.

Achei que valeu a pena deixar para ser o ultimo lugar que visitamos no dia. A iluminação a noite é linda.

Piccadilly Circus

No segundo dia, fizemos um passeio mais leve, sem muito andar e com os pontos principais mais perto de onde tínhamos que pegar o trem para o aeroporto.

Andei da Tower Bridge até a St Paul’s Cathedral, vendo o que tinha no caminho e com uma parada para o almoço.

Tower Bridge

É uma ponte levadiça sobre o Rio Tâmisa, inaugurada em 1894. A ponte era acionada por máquina a vapor.

In 1982, as passarelas foram cobertas e desde então formam parte da exposição apresentada no interior da Tower Bridge. A exposição mostra
como funcionava o sistema de elevação da ponte e a importância da Tower Bridge na história da cidade.

A entrada na Tower Bridge, custa 9,80£.

Para chegar até lá, a estação do metro é a Tower Hill.

Tower Bridge

St Paul’s Cathedral

É a segunda maior catedral do mundo e tem 110 metros de altura. A catedral era de madeira e foi destruída no incêndio de 1666 e foi reconstruída até chegar ao edifício atual, que foi reformado entre 1676 e 1710.

O templo foi construído em formato de cruz e tem 3 galerias circulares. A primeira delas é a Galeria dos Surrusos, para chegar nessa galeria, é preciso subir 257 degraus, e fica a 30 metros de altura. Você consegue escutar ruídos do outro lado da catedral.

A segunda galeria, é a Galeria das Pedras, que sobe 376 degraus. E a terceira é a Galeria Dourada a 85 metros de altura.
Essas últimas galerias oferecem vistas incríveis do que tem ao redor da catedral.

Imagina subir isso tudo?

A entrada a catedral, custa 18£. E na entrada te entregam um audioguia para que você conheça mais da história da Catedral.

St. Paul’s Cathedral
St. Paul’s Cathedral

Onde Comer

No primeiro dia fizemos uma parada para almoçar entre Westminster e o Palácio de Buckinghan.

Fomos ao Pub The Phoenix, que foi onde experimentei o tão famoso Fish&Chips. O prato é composto por peixe acompanhado de batata frita e molhos.

O Fish&Chips é muito saboroso, mas achei que o deixou um pouco a desejar na quantidade dos Chips, estou acostumada a grande quantidade de batata que vem como acompanhamento nos pratos aqui em Portugal.

Gostei muito do Pub e a decoração do local. O atendimento foi ótimo e os garçons bem humorados, simpáticos.

A maioria dos Pubs tradicionais da cidade tem a fachada nas cores preto e dourado, achei um charme!

Pub The Phoenix
Fish&Chips

No segundo dia, entre a visita a Tower Bridge e a St. Paul’s Cathedral, paramos para almoçar no Nando’s, uma rede de restaurantes portuguesamas não tem aqui em Portugal! -.

O Nando’s é conhecido por sua comida que sempre envolve frango e por ser apimentado.

Gostei muito do restaurante e a decoração. No Nando’s não tem serviço de mesa, você escolhe o que vai comer e precisa ir ao balcão pedir e já pagar.

Após a comida ficar pronta, algum garçom leva na mesa. Um outro ponto favorável é que a bebida é refil, você pode tomar a vontade.

Nando’s

Hospedagem

Ficamos hospedados em casa de familiares, então não posso indicar algum hotel ou hostel. Mas na época que comprei as passagens de uma olhada nos preços das hospedagens pelo Booking.com.

Como usar dinheiro em Londres– Euros x Libras

Eu não levei dinheiro, somente cartão. E como libra é um pouco mais caro que o euro, procurei a melhor forma de economizar e me apresentaram o cartão Revolut.

O Revolut é uma conta/cartão “multi-moeda”, que podes “carregar” em € (Euro) e depois pagar em qualquer moeda em qualquer país, sem custos ou comissões, e ao câmbio inter-bancário.

Eu coloquei um valor x em euros nesse cartão e em todo lugar que precisava pagar algo, utilizava o cartão através do contactless. A Revolut fazia a conversão e eu não paguei mais nada, nenhuma taxa de conversão, IOF nada.

E a boa noticia é que o cartão também funciona no Brasil e quando você vier para a Europa pode trazer seu dinheiro nele.

Para mais informações e tirar todas as suas dúvidas sobre o cartão Revolut, ou até mesmo, como adquirir um de forma gratuita, click on here. Vale muito a pena e conheço pessoas que usam esse cartão já faz muito tempo e só agora fui descobrir sobre ele.

Dicas finais

  • A cidade é lotada. Não é fácil andar no meio desse povo todo e conseguir tirar foto sem alguém aparecendo no fundo.
  • Os famosos ônibus vermelhos estão bem mais modernos e são lindos.
  • A mão inglesa é um pouco confusa e você tem mesmo que olhar para os dois lados para atravessar a rua.
  • Londres é dividida em 9 zonas. A maioria dos pontos turisticos estão na zona 1-2.
  • São 11 linhas de metro e se você instalar o aplicativo Citymapper, consegue entender melhor onde está e para onde ir.
  • O metrô aceita cartão de crédito com contactless. Então não foi preciso fazer o Oystercard para usar o metro. É só você encostar seu cartão que a porta de entrada para a plataforma vai abrir. Precisa colocar o cartão na entrada e na saída da estação.

Eu adorei essa viagem e um fim de semena em Londres é muito pouco para ver a cidade, acho que não vi nem 5%.

Com certeza voltarei em Londres, em breve! E espero que meu roteiro para Londres te ajude a se guiar um pouco por lá e que as minhas dicas sejam úteis.

Me conta aqui se você já conhece Londres e qual foi o seu lugar preferido? I'd love to know!

To the next! 😉

7

leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

To use avatar, sign up with your email in gravatar.com

  • Avatar
    Camila
    February 13, 2019 - 8:24 pm

    Que saudade que deu de Londres vendo as fotos do seu post!!!
    Me fez lembrar de todos os momentos bons nessa cidade incrível!

  • Avatar
    February 14, 2019 - 9:57 am

    Que fim de semana mais especial. Muita saudade de Londres. Precisando demais voltar. Adorei rever e ver esses lugares tão cheios de beleza e história. Amei o post!

  • Avatar
    Rafaela
    February 14, 2019 - 2:29 pm

    Amei demais esse roteiro que fizeram! Mesmo em pouco tempo conseguiram fazer muita coisa!
    Anotadas todas as dicas!! Parabéns pelo relato!!!

  • Avatar
    Michele
    February 19, 2019 - 2:38 pm

    Que delícia de final de semana! Fiquei impressionada como o final de semana de vocês rendeu e conseguiram fazer tanta coisa! Adorei as fotos e o relato.

  • Avatar
    Nati
    February 20, 2019 - 3:21 pm

    Ameeeei! Tambem estou oensando em vazer uma viagem de fda para londres em breve, só estou um pouco preocupada com o bolso. Se vem que pelos preços que vc colocou, parece caro mas aceitavel! Vamos veradorei o post!! Me esclareceu muitas coisas sobre a cidade

  • Avatar
    February 21, 2019 - 7:30 pm

    Seu post me deu uma saudade enorme de Londresadorei as dicas e os relatos bem explicados! beijos!

  • Avatar
    Aline
    March 4, 2019 - 10:22 am

    Que saudades de Londres….tambem conheci em um fim de semana! Aproveitei que fui visitar uma amiga na Irlanda e fomos lá 🙂

Sign up for our newsletter!

Never miss a post and stay on top of all the news blog.

currently in:

Lisboa - Portugal
Siga @ tasaver.pt