A Revolução dos Cravos aconteceu em 1974, and also, é conhecida como a Revolução do dia 25 of April. Esse dia é um marco histórico para Portugal, é feriado e tem até uma ponte com o nome 25 of April, em homenagem a Revolução.

E quero falar mais sobre essa história do país em que decidimos morar.

In 1933 começou em Portugal um regime ditatorial do Estado Novo, comandado por Antonio Salazar, que governou até 1968. Depois de Salazar quem assumiu o regime foi Marcelo Caetano.

O Estado Novo lançou a Constituição de 1933 que tinha uma doutrina muito autoritária inspirado em regimes fascistas. Salazar passou a controlar e o país e só saiu após ser comprovada sua incapacidade por problemas de saúde.

Durante o Estado Novo, a oposição sempre foi forte e se revolta quando haviam eleições e as mesmas eram fraudulentas.

In 1973 foi criado então o Movimento das Forças Armadas, que era composto por Militares, milicianos, estudantes universitários e tinha o apoio do povo.

As reuniões do MFA eram clandestinas e a primeira foi realizada em Bissau. O movimento foi agindo clandestinamente, preparam um manifesto e distribuiram a população e no dia 25 April 1974 , a revolução começou.

O Comandante Otelo Carvalho instalou secretamente o posto de comando dos combatentes em Pontinha no dia 24/04. E a noite desse mesmo dia, as 22:45h foi transmitido por rádio a música E depois do Adeus, de Paulo Carvalho.

A transmissão da música era o sinal combinado para que as primeiras ações para o golpe de estado acontecer desse sequência.

O segundo sinal, foi a transmissão da música Grândola, Vila Morena, de Zeca Afonso. A música foi transmitida para confirmar o golpe e determinou o ínicio das operações.

O curioso é que essa segunda música escolhida, tinha sido declarada ilegal pelo governo, porque fazia alusão ao comunismo.

O golpe militar teve a colaboração de vários regimentos militares que desenvolvem ações por todo o país.

Os cravos são o símbolo da Revolução!

No Norte, uma força do CICA 1 liderada pelo Tenente-Coronel Carlos de Azeredo toma o Quartel-General da Região Militar do Porto Estas forças são reforçadas por forças vindas de Lamego.

Forças do BC9 de Viana do Castelo tomam o Aeroporto de Pedras Rubras. Forças do CIOE tomam a RTP e o RCP no Porto.

O regime reagiu, e o ministro da Defesa ordena a forças sediadas em Braga para avançarem sobre o Porto, no que não é obedecido, dado que estas já tinham aderido ao golpe.

À Escola Prática de Cavalaria, que parte de Santarém, cabe o papel mais importante: a ocupação do Terreiro do Paço. O Terreiro do Paço é ocupado às primeiras horas da manhã.

Forças foram para o Quartel do Carmo onde se encontra o chefe do governo, Marcelo Caetano, que ao final do dia se rende.

Porém, Marcelo Caetano exigiu que o poder fosse entregue ao General António de Spínola, que não fazia parte do MFA, para que opoder não caísse na rua”.

E o que aconteceu com o Marcelo Caetano? Foi exilado no Brasil.

A Revolução dos Cravos foi uma das mais pacíficas na história, como teve uma adesão em massa da população ao movimento, a resistência do regime foi praticamente inexistente e infrutífera, registando-se apenas 4 civis mortos e 45 feridos em Lisboa.

Os cravos são o símbolo do dia, porque a população colocava essa flor nas armas dos militares, para que a luta fosse mesmo pacífica.

E o resultado da Revolução dos Cravos foi a implantação de um regime democrático e a adesão a uma nova Constituição Portuguesa.

In 2019, é comemorado 45 anos do dia da Liberdade em Lisboa.

No Terreiro do Paço terá a exibição de um videomapping, entre os dias 24/04 a 01/05, nos horários das 21h, 21:30h e 22h, com a entrada gratuita. O nome do espetáculo é Abril em Lisboa”.

Gostou de saber mais sobre a história de Portugal? Deixa um comentário aqui e me conte se quer ver mais post como esse por aqui.

Until next 😉

8

leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

To use avatar, sign up with your email in gravatar.com

  • Avatar
    Carol
    April 25, 2019 - 1:50 pm

    Adorei saber da história

  • Avatar
    Maria Rafaela
    April 26, 2019 - 2:19 pm

    Não faz muito tempo que eu estudei essa parte para o vestibular, então já estava por dentro do assunto. Mas a forma com que contou ficou muito legale com certeza Lisboa é um lugar que eu gostaria de conhecer.

  • Avatar
    April 26, 2019 - 9:26 pm

    Esse tipo de post é interessante demais de ler.
    A gente vive a nossa vida e nunca pensa o que a história tem a nos ensinar.

    Obrigada por compartilhar conosco!

  • Avatar
    April 28, 2019 - 1:24 pm

    Caramba, nunca tinha escutado falar nessa historia. É muito bom conhecer sobre historia, do meu e de outros países. Obrigada por nos contar!!

  • Avatar
    April 28, 2019 - 3:04 pm

    Oi tudo bem? Wow! Nunca ouvir falar, muito interessante. Você é de Portugal ou vive lá? É provável que as pessoas em Portugal estejam mais integradas com essa história, eu não sabia! Mas achei muito legal a sua troca de conhecimento. Valeu

    • Jessica Lopes
      Jessica Lopes
      May 3, 2019 - 9:09 am

      Essa história é demais né! Eu moro em Portugal, sou bem mineira!

  • Avatar
    Malu Silva
    April 28, 2019 - 3:17 pm

    Acho muito interessante a história da revolução dos cravos. Outra blogueira que sigo que já morou em Portugal também postou sobre este fato histórico um dia desses, e gostei muito de saber mais a respeito.

  • Avatar
    April 28, 2019 - 11:50 pm

    Muito interessante e completo o seu post!

    Essa eh uma das Revoluções que não estudamos aqui nas escolas e nem mesmo no cursinho no Brasil.

    Muito interessante mesmo.

    Parabens!

Sign up for our newsletter!

Never miss a post and stay on top of all the news blog.

currently in:

Lisboa - Portugal
Siga @ tasaver.pt